Pulsoterapia, o que esperar deste dia?

Existem diversos tipos de pulsoterapia para lúpus, a pulsoterapia consiste na administração de fármacos em altas doses (a partir de 1 g/dia), por três dias ou mais, ou em dias alternados. A necessidade de hospitalização ocorre devido aos possíveis efeitos colaterais que o paciente pode apresentar durante a infusão da droga; para tanto a monitorização dos parâmetros vitais, além de identificar precocemente os efeitos, possibilita intervenção adequada, garantindo a segurança do paciente.

Pulsoterapia com corticoides, ou metil prednisona 1g, essa pulsoterapia é a mais comum, a mais usada pelos profissionais, pela sua rápida resposta. Essa pulso foi a que eu mais fiz ao longo destes anos com a doença, ela por ter uma resposta quase que imediata, salvou minha vida por diversas vezes.

Na pulso com corticoide, você faz a aplicação por meio de Hopital-Dia, quando você interna de manhã, faz a pulso e depois retorna pra casa. O que eu aconselho, é que você veja com seu médico a aplicação de um protetor gástrico antes de aplicar a pulso, ou que tome em jejum antes de sair de casa, eu não fiz isso nas minhas primeiras aplicações e até hoje sofro com gastrite.

Mas aí você me pergunta como um remédio na veia, dói o estômago? Eu te respondo, é quase que imediato a dor após a aplicação.

E depois da pulso? Eu normalmente ficava elétrica, não conseguia dormir por causa do corticoide excessivo, vale ai neste caso solicitar que o médico receite um remédio para dormir. Já no dia seguinte a sensação era a de peso, de dor muscular e muito calor. Mas essas sensações ruins se iam com dois ou três dias.

Pulsoterapia com biológico Rituximabe, esta pulsoterapia não é aprovada pelo SUS para o nosso CID (International Classification of Diseases) que é o M32.1, nem é liberada com facilidade pelos planos de saúde. Ela já é mais delicada, tem todo um preparatório feito pelas enfermeiras antes de aplicar, no entanto eu não senti grandes efeitos colaterais, somente a fome pois antes de aplicar o biológico, você recebe na veia uma dose de hidrocortisona.

Pulsoterapia com ciclofosfamida, esta eu nunca precisei tomar, mas é a pulso com mais efeitos colaterais apresentados, pode causar náuseas, amenorréia e queda de cabelo. No entanto se observa que esta pulsoterapia tem sua eficácia comprovada na maioria dos casos.

Nenhuma publicação substitui orientação médica.

Deixe nos comentários como foi a sua experiência.

 

Entre na nossa Comunidade no Facebook

Segue o nosso Instagram

2 Comentários

  • Fernanda Guimarães Silva Pereira disse:

    Acabei de passar em consulta e recebi a noticia de que será necessário a pulsoterapia… Confesso que bateu um medinho…3 de metilpredinisona e uma de ciclofosfamids

  • Heliane Patricia disse:

    Boa tarde

    Fiz a pulsoterapia com ciclofosfamida, durante 6 meses… gracas a deus foi uma benção.

    As seções foi super tranquilas.

    So agora que ja tem 7 meses que terminei que meu cabelo esta caindo. Mais tudo bem.,o pior ja passou.

    bjs adoro as dicas do blog e fece mim ajuda muita a conhecer mais sobre esse lobo chamando lupus.

O que você achou? Deixe uma resposta!