Fiz vários exames e todos deram o resultado de INFERTILIDADE, fiquei muito chateada e desisti de tentar!

cymera_20170129_153509

Oi, me chamo Bárbara, tenho 27 e sou de Brasília-DF.

Vou tentar resumir minha história… Sempre fui uma pessoa muito emotiva, mais conhecida como psicossomática, nada em excesso me faz bem, alegria demais, tristeza demais, ansiedade demais, tudo isso sempre me fez muito mal.
Ao crescer sempre tive herpes labial, ficava ansiosa demais com alguma coisa, papocava minha boca toda. No ano de 2013/2014, descobri que eu estava com pedras na vesícula, onde tive que fazer uma cirurgia de emergência. Após a retirada das pedras, minha vida mudou, vivia melhor. No ano de 2014 mesmo, começou a aparecer manchas ao redor do meu nariz, elas descamavam, fiquei preocupada, fui ao dermatologista onde ele disse que eu tinha a pele seborreica, achei aquilo estranho pois sempre cuidei muito bem de minha pele e cabelos.
Já sou casada a quase 7 anos, com um excelente esposo, e nosso desejo era ter filhos, fiz vários exames e todos deram o resultado de INFERTILIDADE, fiquei muito chateada e desisti de tentar. Em dezembro de 2015, passei muito mal, não conseguia levantar da cama, tudo em mim doía, febre, articulações incharam e diversas manchas no rosto, não era dengue, nem zica, nem chicunguya, exames apontaram que era problemas na tireoide, fiquei uns meses sem me importar. Em 4 de abril de 2016 a grande surpresa, eu estava grávida de 8 semanas, ué mas eu não era infértil??? Como num passe de mágica, todas as dores sumiram por 7 meses. Eu não sentia dor nenhuma no meu corpo. Dia 31/10/2016, nasceu minha filha, minha Letícia. Passaram-se apenas 3 dias pós parto, eu ainda no hospital, as dores voltaram, e cada vez mais fortes, minhas juntas e nervos todos inchados e doloridos. Já em casa às coisas só pioravam. Minhas mãos amanheciam travadas, mais manchas em meu rosto, tudo inchado, e eu ficando preocupada, meu esposo já não sabia mais o que fazer, eu cuidava da minha filha só pela graça de Deus, não tinha força nem pra pegar no colo.
Fui ao médico, trataram com fibromialgia, não era. Artrose/Artrite, não era. Reumatismo, opa! O que é isso no seu sangue Bárbara??? Fizeram o FAN e mais alguns exames e descobriram que meu sangue tinha dado cruzamento de reumatismo com lúpus. Do dia 03/11/2016 até dia 17/04/2017 foram lutas atrás de lutas, crises atrás de crises (nem da cama eu levantava, somente com ajuda), até descobrirem o que realmente era. Tenho LES (Lúpus Eritematoso Sistêmico). Os médicos dizem que minha filha é o meu milagrinho, pois terei que laquear e não terei mais filhos. Hoje estou no nível moderado desta doença, está controlado, tomo 6 tipos de remédios diferentes. E assim vou levando a vida, que não é fácil. Meus cabelos estão caindo, e ficando cada vez mais ralo, mas Deus vai me dar um mais bonito. 
A fé, move montanhas! Agradeço a Deus pela minha vida, ao meu esposo, meus pais e irmão, e principalmente a filha linda que Ele me deu, que é a minha injeção de ânimo todas as manhãs.
eucurto2

O que você achou? Deixe uma resposta!