Com os nervos à flor do lúpus…

oie_jfbwKNKVoZKO

“Estou com os nervos à flor do pano, de desengano vou ter um treco…”

Quem nunca?

Bem até ontem eu pensava que apenas eu sofria de lingua afiada, de nervos fracos, e de irritação tipo 100%.

Mas não foi isso que constatei quando resolvi compartilhar um comentário feito na página:

coment

É super complicado por a culpa na doença, para um – digamos, mal comportamento, mas se é uma coisa tão comum entre nós, porque não haver um estudo sobre isso? Depois que criei a página pude ver que certas coisas estranhas que existiam em mim, eram comuns a grande maioria das borboletas, como por exemplo a coceira e a falta de memória. Existem coisas que nossos médicos não nos contam, mas será que essa irritabilidade, a vontade de se esconder e a falta de “papas na língua” não teria algum tratamento? 

comentw

Estava eu pesquisando e em uma destas pesquisas encontrei que em um teste feito com 60 pacientes de lúpus, 28 tinha problemas cognitivos, e isso se relacionava pacientes com disfunção cognitiva moderada ou grave tinham significativamente mais elevado de colina: rácios de creatina no córtex pré-frontal dorsolateral e substância branca, em comparação com pacientes com disfunção cognitiva leve ou ausente (não sei bem o que isso significa, mas deve ser bom não). 

Disfunção cognitiva e depressão são manifestações comuns de neuropsiquiátrica lúpus eritematoso sistêmico (LES) , com a prevalência da disfunção cognitiva que varia entre 20% a 80% em estudos anteriores. Os mecanismos patogênicos tanto de declínio cognitivo e depressão em LES permanecem ainda desconhecidos e provavelmente multifatorial. Uma variedade de fatores têm sido implicados, incluindo anticorpos antifosfolipídicos (famosa SAF que eu tenho), os danos induzidos por auto-anticorpos direta neuronal, medicamentos, e neurológico primário e distúrbios psiquiátricos que afetam a cognição. Alguns estudos têm mostrado que a atividade da doença maior foi preditivo da disfunção cognitiva posterior, enquanto outros não mostraram nenhuma associação entre disfunção cognitiva e atividade da doença ou uso de corticosteróides.No entanto, o declínio cognitivo e depressão no LES pode muitas vezes ocorrer na ausência de fatores de risco conhecidos e sem uma resposta inflamatória reconhecível.

E o que são problemas cognitivos?

Distúrbios cognitivos são uma categoria de transtornos de saúde mental, que afetam principalmente a aprendizagem, memória, percepção, e resolução de problemas, e inclui amnésia, demência e delírio. Enquanto transtornos de ansiedade, transtornos de humor e perturbações psicóticas pode ter também um efeito sobre as funções cognitivas e de memória.

Mas e o que é a Depressão?

São sintomas de depressão:

  • Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia
  • Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas
  • Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis
  • Desinteresse, falta de motivação e apatia
  • Falta de vontade e indecisão
  • Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio
  • Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa auto estima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte.

Qualquer semelhança é mera coincidência #SQN. Será que esses nossos picos de agressividade e isolamento não merecem um acompanhamento psicológico? E um acompanhamento clínico no caso de SAF, comente com seu médico, peça a ele orientações.

#PartiuPsicologo

Fonte :http://onlinelibrary.wiley.com/

 

3 Comentários

O que você achou? Deixe uma resposta!